Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


MAIS UM DIA TE AMANDO

(Regilene Rodrigues Neves) 



Entrego-me a plenitude desse sentimento maior
De sublime felicidade e encantamento
Enamoro-me de ti com plena certeza de que te quero
Cada dia é um novo dia a ti aninhar em meu coração
Meu pensamento viaja
Numa aquarela de sonhos de nós dois...

Exala de mim a menina
Na descoberta do primeiro amor
O coração fica pequeno para caber tamanho afeto
Que quero te declarar por todos os dias da minha vida...

Nas páginas da vida escreveremos nosso amor
Seguro, companheiro, amigo, fiel...
Com intensa paixão... Ternura...
Para que nossa história de amor
Seja a poesia que sustenta almas
Sem esperança de amar
O amor não tem tempo nem idade
Chega de mansinho no silêncio
Espreguiça na manhã
Acorda o coração com o beijo do amor!

Lá fora uma odisséia nos contempla do universo
Faz serenata de estrelas
Eclipses de sóis e luas...

O sol se extasia de luz
Raios intensos exalam energias
Esgota-se de esperança no leito do ocaso
A chama da vida acende nossos corações
O dia acasala nossos sonhos...

Finda o poente... Latente a noite é amante...
Solta declarações para o nosso amor!

Noturnos vaga-lumes luzem derredor
O perfume virgem da mata
Entorpece-nos na fragrância da noite
Na alcova nossos corpos se amam
O prazer extenua a nua pele
As curvas contornam a escultura
Do meu corpo no teu peito

O hálito quente dos desejos
Aquecem a paixão que aflora
Sussurros declaram a volúpia majestosa...
O lábio tem sede de amar
O sangue dilacera
As veias alteram ritmos
Entrelaçamos nossos corpos
A chama tremula no peito
O calor nos invade fluindo da alma
A poesia ardente vira pronuncias
De versos... O beijo acaricia a língua
A entrega profana do ato...

O cenário vestido de magia
A música serena suave
Nos movimentos do amor
O findar da noite é pleno de gozo
Todo amor declarado do ápice da utopia...

Acordes deixam notas de alegrias espalhadas
Impregna de emoção meu olhar fito no teu
Buscamos dentro de nós o amor
Pintamos uma tela imaginaria de sonhos
Para sermos felizes demos as mãos rumo
Ao destino que chega para nós
Construirmos a ponte que atravessa a eternidade
Perpetuando o amor do infinito de Deus
Para a felicidade do homem!

O amor merece!
 

Em 03 de março de 2007 – 14h03min




regipoeta
Enviado por regipoeta em 03/03/2007
Reeditado em 03/03/2007
Código do texto: T399871


Comentários

Sobre a autora
regipoeta
Goiânia - Goiás - Brasil, 57 anos
1454 textos (154679 leituras)
22 e-livros (7201 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 16:53)
regipoeta