Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor sem alma!

Acelerado o peito quer falar por si
quando a alma chora o pranto ácido
da mágoa contumaz que parte de ti
na entremanhã de um amor plácido!

Envaidecido as lágrimas saboreia
enquanto a alma perde a graciosidade
erigindo um castelo, belo, de areia
e confessa ao mar a frivolidade!

Na fraga cospe torpe seu enredo
enquanto a alma salga na tristeza
tal qual uma nassa cheia de medo!

Lãnguido se esbalda de certeza
enquanto a alma apodrece cedo
Cruciante amor de desamor!

NENINHA ROCHA
Enviado por NENINHA ROCHA em 09/03/2007
Código do texto: T407316
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
NENINHA ROCHA
Guarapuava - Paraná - Brasil, 59 anos
322 textos (12454 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 04:43)
NENINHA ROCHA