Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor cego

Te procuro entre as sombras da paixão
E enquanto não te achar eu não sossego
O teu corpo ao passar da minha mão
Me ilumina, como o braile, o mundo ao cego

Pois te ler é um prazer que eu nunca nego
É como ter para esta vida, uma razão
E dessas noites de saber em que me entrego
Sempre levo uma ou mais outra questão

Então me guia, meu amor, então me guia
Que esta estrada tão silente jaz tão fria
Sem o som da tua voz, sem teu calor

E me alivia, meu amor, ai me alivia
Que viver sem jamais ver a luz do dia
É não saber sentir mais nada além de dor
TrabisDeMentia
Enviado por TrabisDeMentia em 13/03/2007
Código do texto: T411558

Comentários

Sobre o autor
TrabisDeMentia
Portugal, 43 anos
54 textos (2959 leituras)
3 áudios (476 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 01:15)
TrabisDeMentia