Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


AMOR

 
Neste tempo trivial,
onde tudo é passageiro
será que o amor é um sentir banal,
um instante fútil e ligeiro?
 
Não, não que eu saiba,
pois em mim pulsa veloz!
Alma apaixonada abre suas asas
e ao silêncio desponta a voz!
 
Traz consigo o calor da esperança
e assim, eu me refaço ao nascer do dia,
quando seu olhar ao meu alcança
compondo vida em poesia.
 
No coração-abrigo é sentir jovial
que domou estações
e adornou o templo do corpo
com reza sublime,
com o lume das emoções,
com flores do prado.
 
2013
 
 
 
Anna Peralva
Enviado por Anna Peralva em 23/10/2013
Código do texto: T4538153
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Anna Peralva
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1582 textos (66132 leituras)
3 e-livros (573 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 04:58)
Anna Peralva