Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seu amor , meu tudo.

Este amor que sou capaz de sentir...
Que por muita das vezes me fez refletir.
Camuflou sentimentos,
distorceu fatos,
deixando-me sem chão.
Este mesmo amor.
Que um dia quis sentir
e por não tê-lo
abandonei o barco
o deixando a deriva.
Este amor que me fez perder o sono,
que me levou a loucura,
por não saber como o encontrar.
Ah! este amor tão sonhado.
Muito pouco sentido.
Nunca intensamente vivido.
É minha maior emoção.
Troféu de muita procura,
das lutas quase sem fim.
Este mesmo amor que zombou de mim,
desafiando minha imaturidade,
se confundindo  com liberdade...
Que por vezes se fez prisão,
criando elos imensos
Só dentro do meu coração.
Que pulsava,
berrava,
Clamava,
por esta realização.
Este amor demorou muito tempo a chegar.
Mas hoje, fez-se sol.
Mostrou-me a capacidade que tenho de amar,
em aceitar a vida como ela é.
Tanto que hoje se faz presente
mesmo ausente dos meus olhos.
Este amor nasceu de um encanto,
uma aparição
Trouxe consigo lágrimas
Mas também muita alegria
E quietude para o meu coração.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 28/05/2007
Código do texto: T504720


Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
346 textos (33068 leituras)
3 áudios (634 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/04/21 06:44)
Iolanda Brazão