Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor na mesa de bar.

Sábado a noite, estava eu bebericando uma cerveja no balcão do bar,vendo minhas amigas flertarem com uns homens numa mesa próxima , quando uma delas chega até mim e dispara:
-Tem um cara ao lado da mesa de sinuca que eu acho que você vai gamar.Dá uma disfarçada e olha...
Me virei,olhei.
-Gato!
-A Rose conhece o amigo dele e vai lá cumprimenta-los...vá junto.
A não...pensei.Não to disposta a puxar assunto e fingir interesse.
Realmente não estou pra simpatia e socialização.Só queria tomar umas cervejas pra ver se o álcool estanca a ferida do meu coração quebrado.
-Me deixa aqui de boa, vai você lá...depois me fala.
-Vou sondar...qualquer coisa te aviso.
-Bele...

De repente sinto alguém se aproximando, sinto aquele arrepio na nuca, como quando alguém chega em você e tem uma energia boa.
-Oi...tudo bem? - Diz ele olhando direto pra mim.
-Olá...to bem e você? - Respondo olhando pra ele.
Olhos azuis esverdeado, nunca tinha visto um par desses,pele branca, barba por fazer,uma boca rosada, grossa.Cabelos pretos.Alto,meio gordinho.Uau!!!
-To bem.Sua amiga disse pra eu vir aqui falar com você pois teria algo surpreendente pra me falar.
-E você acreditou nela é?-Sorri, debochada. - Ela quer que a gente se conheça, só isso.
-Puxa vida.Agora que to aqui vou ficar um pouco.Posso?
-Senta ai moço!
-Ah desculpe, não me apresentei.Meu nome é Leon e o seu?
-Dayane...mas chama de Day...eu prefiro.
E conversamos noite a fora...Ambos estavam de bem com a vida,trabalhando,contas pagas.O único defeito era no coração, foi nisso que nos identificamos.
Tínhamos o coração ferido,atordoado,abandonado por alguém que foi amado porém não nos amou. Sofríamos de um luto idêntico,onde parecíamos sentimentalmente como enfermos combalidos esperando a extrema unção ou a salvação.Trocamos confidencias, trocamos ideias, trocamos olhares, trocamos contatos.Um abraço.Um beijo no rosto.Um último olhar de cumplicidade.

No outro dia , logo cedo recebi um whats dele me desejando bom dia.
Respondi e ele respondeu..conversamos ao longo do dia.
A noite também não foi diferente, com aquele carinho na hora de desejar boa noite.E foi assim durante toda semana,eu tinha esse contato no celular que quando vibrava,informando uma mensagem,vibrava junto meu coração.

Meu coração calejado pelo último relacionamento, começou a ter pulso novamente.Como se um sangue com células novas começasse a girar dentro do corpo.
Ahh não coração, por favor.Outro amor agora não,paixão muito menos.Até parece que não lembra do que aconteceu a dois meses atras, quando você foi abandonado a minguá ,por alguém que nem se importou se você iria sobreviver a tamanha porrada.E desde quando coração ouve alguém? Faz o que quer, a hora que quer e cabe somente a nós respeita-lo.

Combinamos de sair na sexta-feira, mesmo barzinho, mesma cerveja,mesmo intuito.
Cheguei,ele já estava lá ,em pé na porta conversando com um conhecido.
Nos cumprimentamos com um abraço tão caloroso e apertado,como se a saudade fosse uma bandida sendo procurada por uma boa recompensa para mata-la.E a beleza daquele olhar...encantador.
Depois da meia noite já estávamos na casa dele e o vinho estava fazendo efeito ,eu estava me achando mais sensual do que merecia.
Em pé, encostados no sofá fazíamos carinho um no outro enquanto riamos das nossas pronuncias erradas embriagadas.
A respiração dele causava arrepios suaves pela minha pele e eu me rendia.Meu beijos pelo pescoço dele , fazia ele fechar os olhos e se desarmar.
Na cama, despindo um ao outro, sentindo o frisson que um causava no outro, fomos entorpecidos por uma química forte e um ritmo escandalosamente igual.A gente se encaixava com harmonia.
O desejo ardia no corpo todo dele e refletia pelo meu corpo aonde ele me tocava.
Naquele momento nos amamos, nos curamos,fizemos um milagre um ao outro.
Naquele momento a vida nos mostrou que nada sabemos a respeito dela ,que quando você acha que já sofreu tudo e que o coração arranhado de dentro pra fora , jamais será curado , te apresenta alguém que cura teu coração, responde aos seus gestos, se encaixa no seu corpo, e faz você se sentir vivo novamente, de forma plena. Alguém que foi designado para aquele momento, aquele alguém que foi feito pra você , aquele alguém que só quer pertencer a você e mais ninguém.

Acordei as 10, com aquele olhar azul esverdeado olhando para mim...o olhar mais lindo que já vi.





Cindymh
Enviado por Cindymh em 10/03/2015
Código do texto: T5164446
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Cindymh
Pinhais - Paraná - Brasil, 34 anos
188 textos (59611 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/04/20 01:55)
Cindymh