Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Há...

Há poemas que estão escritos sem letras
cravados com os espinhos
pontilhados de vermelho
com sangue do coração

Há poemas que são mares
verdes, azuis e febris
inebriantes, mortos de frio

São quase pedras, quase montes
são poemas verdejantes de uma esperança
que morreu
no soluçar de um grande amor partido.
Verônica Aroucha
Enviado por Verônica Aroucha em 24/10/2015
Código do texto: T5425261
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Aroucha
Recife - Pernambuco - Brasil
122 textos (7854 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/06/19 02:34)
Verônica Aroucha