Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imperativos do amor

Cala-te!
E de mim aproxima-te olhando-me nos olhos.
Contemplemo-nos mudos
até que nos vejamos nos olhos do outro.
Abraça-me!
Deixa que eu te guardo em meu aconchego.
Sintamo-nos um ao outro até que não sintamos a nós mesmos
e sejamos não um só corpo,
mas duas almas que se completam enquanto os corpos se fundem
na heterogênea homogeneidade do amor!
                                                                    Cícero – 13-11-15
Cícero Carlos Lopes
Enviado por Cícero Carlos Lopes em 14/11/2015
Código do texto: T5448642
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cícero Carlos Lopes
Ferraz de Vasconcelos - São Paulo - Brasil, 43 anos
374 textos (6594 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 03:40)
Cícero Carlos Lopes