Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Me fizestes FILHA me tornastes MÃE

Senhor !

Um dia me fizestes filha, em outro me tornastes mãe
quem sabe para melhor entender
das noites em claro, do peito apertado
dos dias e das horas
às vezes infindas,  em outras fugazes.
Do tempo infinito,  da dor passageira
da felicidade ligeira  ou demorada.

Me fizestes mãe para falar de Deus e para entender a oração
para saber o que é arar em terras férteis ( ou não)
desmascarar a solidão e construir a mais pura amizade.

Me tornastes mãe para falar de colo, de afago,de amor!
de joelhos no chão, de piedade!
Amor que não se mede, que não se desfaz
só se repete!
Amor que não se pede, que cresce e se estabelece.
Simplesmente amor.

Me fizestes mãe para falar de saudade e de futuro
do amor maior que está no céu
( vó é mãe que não se esquece)
mesmo não estando conosco.
Neto (a) é amor que se contrói
e cresce a cada dia.

Me tornastes mãe para, como filha
compreender a eternidade
e a grandeza de ser o que somos: MÃES!
Pois não há sentimento maior
e , somente elas,  as mães, entendem
o que é um amor  sem limite.


 ( Para todas as mães, a minha, a sua... para todos os filhos, os meus, os seus... Para minha avó/mãe Guiomar e para minha neta Maria Yasmin
Fatima Mota
FATIMA MOTA
Enviado por FATIMA MOTA em 08/05/2016
Reeditado em 08/05/2016
Código do texto: T5628945
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
FATIMA MOTA
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
1359 textos (119731 leituras)
7 e-livros (438 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 19:40)
FATIMA MOTA