Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTADA

Estou te esperando,
querida,
no Largo Zeferino,
para decidir a minha vida,
que desde menino,
é sofrida,
nessas coisas do amor.

Mas pode ser na Praça Nelson Maia,
quero tu, minha vida,
no corso ou na gandaia,
no frio ou no calor,
seja meu rabo de saia.

Outro dia fui ao Terminal,
para a água olhar,
meu bem, meu mal,
em outra coisa não consegui pensar,
minha terra e seu sal;
vem me amar.

Quem sabe nos vemos,
e aceitas um programa cultural,
de versos obscenos,
em frente à Casa Paroquial.
Ocirema Solrac
Enviado por Ocirema Solrac em 16/07/2007
Reeditado em 31/12/2009
Código do texto: T566900

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Ocirema Solrac
São Roque - São Paulo - Brasil
275 textos (91573 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 09:00)
Ocirema Solrac