Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Poesia e a Rima

Escura madrugada sem sono
Um dia que vai nascer
Uma noite que vai morrer
A poesia que vai florescer

Rimando estes versos avulsos
Amar e sentir o coração em seus pulsos
Tento fazer uma canção
Os versos se ligam
O amor se envolve
A poesia se dissolve
Cria-se um soneto
Três tercetos
E um quarteto

Mas a poesia é uma vida
A vida é a poesia sem rima
A rima é a vida e a poesia
Não viver é não amar
Não viver é perdurar e imaginar

Versos de clichê
Versos que se criam ao amanhecer
Versos estúpidos
Versos que foram escritos por meus pulsos.
Geovanny Lino Coutinho
Enviado por Geovanny Lino Coutinho em 01/08/2007
Código do texto: T588141

Comentários

Sobre o autor
Geovanny Lino Coutinho
Olinda - Pernambuco - Brasil, 30 anos
32 textos (958 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/05/21 09:13)
Geovanny Lino Coutinho