Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER SOB DISFARCE

falei para quem quisesse ouvir
que a amava –
e como a amava –
e essa emoção miserável
me atormentava
enquanto o vento lá fora
produzia sons desconexos...
ela não sorria
os pétreos músculos da face
permaneciam imóveis
e ela caminhando em seu
longo vestido preto no jardim.
foi o adeus!
despedida marota
na vida que se fez oca
e o buraco cresceu
no meu peito
provocando espasmos.
e ela, já no portão,
que cerrava atrás de si
deixou derramar uma lágrima...
Alex Guima
Enviado por Alex Guima em 23/08/2007
Código do texto: T619791
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Guima
Eunápolis - Bahia - Brasil, 44 anos
177 textos (114561 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 00:50)
Alex Guima