Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ILUSÃO

A ilusão não são teus olhos avante no rio sonoro,
não são tuas palavras chuvosas raiando a noite escandalosa,
os passos entrecortados da multidão a galope enchendo de rumores a areia da praia,
tampouco é a face oposta que te mira no fundo da água sonhando um abraço;
A ilusão não pode ser essa violência dos copos quebrados
que jogados ao alto não criaram asas morrendo num instante sem trégua,
a ilusão não pode ser estrelas que só duram uma noite assustando a escuridão de anos terríveis,
nem a dor estampada pelas frestas de rugas e rudes cicatrizes;
a ilusão não será um poema percorrendo teu corpo enquanto dormes sem sequer saber deste quadro indefinível que te pintam,
a ilusão não será  a lenta primeira hora da solidão atemporal que em ponteiros perdidos se esquece que não é bem vinda;
A ilusão é teu nome me dando coragem.
Diego Duarte
Enviado por Diego Duarte em 03/01/2018
Reeditado em 04/01/2018
Código do texto: T6216019
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Diego Duarte
Ananindeua - Pará - Brasil
401 textos (7846 leituras)
3 e-livros (135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/01/20 10:47)
Diego Duarte