Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema do amor perdido

de olhos abertos sabias
que nossas horas não eram eternas
e sem  acreditar, iludido, iludias-me.

ouvia meus passos em ti e no mundo
e na eternidade que ora descrevo.

do que tive, sinto saudades...

deixa teus olhos nos meus barcos
navego teus rios e sei como vives.

o tempo passa nos meus dedos.
sei da tua alma  quando estás longe
e perdido.



Pedro Porta
Enviado por Pedro Porta em 13/01/2018
Reeditado em 13/01/2018
Código do texto: T6224726
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Porta
Campinas - São Paulo - Brasil
167 textos (1968 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/07/18 16:47)
Pedro Porta