Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GAIOLA DE AMOR

Correntes para te aprisionar,podes gritar...
O que é meu,é meu,quero te colecionar...
E se te guardo aqui é para te poupar...
Beleza é saber que estás onde deve estar...
Nada para me preocupar,
e se estás nesta prisão e para que ninguém
possa me roubar o teu coração...
Fantástica é essa visão de você nas minhas mãos...
Surpreendente este poder,domino e domino você...
E se te firo é para te acordar,
melhor sangrar em proteção,
não posso perder minha linda ilusão...
Podes me culpar,espernear,sim, te escravizo
e te aviso que são cuidados de quem ama...
Lá fora, alguém te chama,não podes ir...
Não vais fugir,não e não...
Não quero ter essa sensação!
Apenas eu posso te olhar,
ninguém mais há de te profanar!
Amor feroz.Somos só nós neste universo.
E te cuido com delicadeza,
te amarro,te algemo,e quando
dou por mim nesta gaiola de flor,
percebo que quem sempre esteve presa,
sou eu, amor!

Karla Bardanza

 
Karla Bardanza
Enviado por Karla Bardanza em 26/08/2007
Código do texto: T624624

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Karla Bardanza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
219 textos (16683 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 17:24)
Karla Bardanza