Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

estranho silêncio

Como pode uma pessoa
Querer tanto outra
 Ser tão diferente
Ser tão estranha
e tão presente?

Silencio, ingrato silêncio
Faz-me imaginar o que não existe
Adivinhar o que desejas, prever o que não queres

Silencio vazio preenchido pela incerteza
Bagagem de duvidas crescendo por dentro
Silencio ausência de amor

Silencio pai do tormento
 Ausência do desejo.
Silencio primo da dor

Silencio página em branco
Cama vazia
Copo que quebra

Noite sem dia
Dia sem ti
Melhor meu querido
Nunca existir








Leandra Telles
Enviado por Leandra Telles em 27/08/2007
Código do texto: T625421

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leandra Telles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (3481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:48)
Leandra Telles