Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO

Eu deitei em teus lábios acesos,
à sombra da tua carga imaginária.
Imaginei os faróis da noite,
iluminando o primor vogado
em tua pele,
em teu sorriso,
tua unha negra transparece.
Tua nua armadura, tesa, esmorece.
Arrefecida ao teu hálito virgem,
abraçando-me à morte no pânico do teu grito.
Ouço do teu ventre, este som!
Teu dom me dá prazer e é muito bom!

Sei que recolhido à cor da tua aréola.
Sob à ficção de negras nuvens, austeras!
Sei que os teus lábios
– àqueles onde buscarei os meus últimos desvãos -
retrair-se-ão ao soletrar-me:
-“NÃO”!

RODRIGO PINTO
Enviado por RODRIGO PINTO em 28/08/2007
Reeditado em 25/11/2007
Código do texto: T628262
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RODRIGO PINTO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 99 anos
324 textos (19576 leituras)
2 e-livros (918 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 10:48)
RODRIGO PINTO