Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Volta pra mim !

Muito prazer, meu nome é otário
Vindo de outros tempos mas sempre no horário

O que você me pede eu não posso fazer
assim você me perde, eu perco você
como um barco perde o rumo
como uma árvore no outono perde a cor


Tudo bem...seja o que for
seja por amor às causas perdidas

Pra ser sincero eu não espero de você
Mais do que educação

Não vim até aqui pra desistir agora
Entendo você se você quiser ir embora

Dia e noite sem parar procurei sem encontrar
A palavra certa, a hora certa de voltar
A porta aberta, a hora certa de chegar


Pra ser sincero eu não espero que você
Minta
Não se sinta capaz de enganar
Quem não engana a si mesmo

O que você não pode eu não vou te pedir
O que você não quer eu não quero insistir
diga a verdade, doa a quem doer

Na verdade nada
é uma palavra esperando tradução

Reza a lenda que agente nasceu pra ser feliz
Que o crime não compensa e tudo conspira a favor
Reza a lenda que a noite é uma criança
Em volta da fogueira a tribo dança

Pra celebrar... e descerebrar

(Engenheiros do Hawaii)
Montado por ITAMAR DE ALMEIDA TEIXEIRA:








Itamar Teixeira
Enviado por Itamar Teixeira em 04/09/2007
Código do texto: T637974
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Itamar Teixeira
Itabuna - Bahia - Brasil, 32 anos
15 textos (1543 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 00:52)
Itamar Teixeira