Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vitrine


**************************************
Desse meu mundo,
tanta gente faz parte
enquanto alguns apenas existem,
de você as coisas partem

No meu mundo o sol e a lua,
são palcos da minha vida...
mais não me faça querer escrever,
a triste história que você compõe
com cada gesto e suspiro
na ausência de quando o sol se põe
-Mais tarde demais!
já estou traduzindo em letras meus porquês-.

Eu vi você de longe,
mesmo do meu lado, é que entre eu e você
há um labirinto,
um abismo,
um cravo.
Até um olhar é perto demais pra você
Você parecia perdido, eu decifrei
os códigos do teu falso sorriso,
escondendo de mim, sonhos que nunca entrei.

Fiquei com medo,
de te perder pro seu mundo particular
Não sei, o que pensar?.

Mais vou deixar você seguir[...]

Você parece preso aos meus passos
sorri dos meus pensamentos,da minha expressão,
do meu silêncio
Deixa rastros que sem querer encontro.

Nós sabemos, eu e você,
serems sempre quem somos
com os velhos sonhos
e os pés plantados em diferenter realidades,
compostos, por outras metades...
...Mais seriam essas metades que poderíamos querer?

Quando a alma fala muda
e gestos permanecem gestos,
que ficam no nosso íntimo.
Sabemos, q não seríamos perfeitos

Já que eu, não viveria naquela vitrine
e vc, não seria o algo além,
me fugindo compreensão.

Dessa vez, me protegi num livro,na poesia
qualquer coisa que me escape o querer
Mesmo que a proximidade não seja exata,
a exaltidão não me deixa te esquecer...
brenda
Enviado por brenda em 07/09/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T643142

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
brenda
Belém - Pará - Brasil, 24 anos
233 textos (52662 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/17 22:44)
brenda