Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estrela cadente

Estrela presente
Porque quando cais
Cais para os meus braços
Quando cais
Cais porque estás cansada de viajar
Ou cais
Porque na tua rota
Em algo acabaste por chocar
E por isso cais
Naquele local
Onde sabes que ninguém te vai magoar

Estrela cadente

Estrela da noite
Do dia
Da tristeza
Nunca da alegria
Porque apenas cais
Quando estás ferida

Estrela cadente

Que nunca sei quando vens
Sei apenas
Que apenas irás chegar
E um dia partir
Quando a pedra moribunda
Com o aconchego dos meus braços
Numa estrela se voltar a tornar
Uma estrela tão intensa
Que os braços que a curaram
Se ficasse
Os braços iria queimar
E por isso partes
Para outros iluminares
Partes
Para um dia voltares
Numa viagem
Que nunca irá ter fim
Porque
Tão perto tão longe
Nunca consegues ficar longe demais
De mim…
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 14/09/2018
Código do texto: T6448358
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5229 textos (177704 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/18 04:24)
Miguel Patrício Gomes