Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRÁ ALGUÉM


Pra alguém que ainda vira.
Ao meu encontro, a minha vida.
Virá com olhar meigo,
Com gestos carinhosos.
Vira com musica na voz.
Com brilho nos olhos.
Com passos decididos.
Vira ao som de violino.
Acompanhando a orquestra.
Vira com poemas eternizados.
Poemas de amor,
De historias alucinantes,
Poemas de pessoas,
Com historias vividas.

Pra alguém
Que ainda vira.
Ao meu encontro.
Momento tão esperado,
Dia tão desejado.
O dia será intenso de cores vivas.
Com pétalas de rosas,
Do jardim tão cuidado.
Pra alguém que virá,
Trazendo-me alegria,
E buscando amor.
Chegará com musica ao vento,
E com dança nos pés.
Virá alegre,
Virá com vida,
Com olhares me procurando,
Na colina, no horizonte.
Na companhia do crepúsculo,
Ou na proteção da lua.
Chegará com silencio,
Mas que será ouvida.

A emoção já reside em mim,
Ela está perto de chegar.
Meus passos estão nervosos,
Meus olhos a buscam,
Minhas mãos suadas,
Seguram o buquê de flores.
Pronto pra ser entregue.
Com muito amor,
Com muito carinho.
Flores colhidas no jardim dos anjos.
Onde as flores têm o perfume de cada pessoa.
Onde o arranjo já é confeccionado.

Venha minha mulher.
Venha minha companheira.
Venha completar a harmonia das cores,
Venha suavizar o que esta em excesso.
Dividir o tempo comigo.
Que eu te divido a eternidade .
Venha fazer comigo a composição das palavras,
Que te ajudo na composição dos movimentos.
Venha minha mulher.
Minha eterna companheira,
Mãe futura dos nossos filhos.
Estamos em busca um do outro.
Foi nos dado a beleza do encontro,
A emoção de nos unirmos,
Com a benção de Deus.
Sejamos homem e mulher,
Sejamos amantes,
Mas sejamos muito mais amigos.
Sejamos nós o sentido da união.
A batida certa do coração.
Sejamos nós a segurança das mãos.
O abraço que protege,
O olhar que compreende.
O movimento cadenciado,
Que nos direciona na vida.
A relva verde que molda nossas pegadas,
Sejamos o som que acordará o mundo.
Mas também o silencio que acalenta.
Mostraremos ao mundo a nossa historia.
Mas usaremos do mundo,
Os seus exemplo

Pra alguém,
Que já esta chegando.

O suor da emoção molha minha fronte,
Meu coração descompassa.
Minha boca seca.
Conseguirei eu, no momento exato,
Dizer como a amo?
Talvez não sejam necessárias ,
Nenhuma palavra, ou talvez,
Só bastam os olhares.
Preciso me acalmar.
Já escuto teus passos,
Teu perfume,
Já sinto você.
Já vejo você a minha frente.
E agora?
Realmente, as palavras não saem.
As flores são dadas,
Os olhares se cruzam,
As lagrimas escorrem,
E não me socorrem.
O mundo para.
Os anjos nos observam.
O instante fica emoldurado.
Duas pessoas,
Um encontro.
Dois corações,
Um só pulsar.
Duas vontades,
Um só destino.


Pra alguém, que está por chegar........





                                   Di Camargo - 01/l0/04


Di Camargo
Enviado por Di Camargo em 10/09/2007
Código do texto: T646108
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Di Camargo
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 66 anos
430 textos (65692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 04:38)
Di Camargo