Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando Me Beijas

Quando me beijas a boca
Falta o chão sob os pés
O coração dispara num galope
E o mundo gira sem cessar...
Quando me beijas a boca,
Falta-me o ar para respirar
Surge o sol em noite estrelada
E mil sinos começam a tocar...
Quando me beijas a boca
Brilha a lua, ouço jazz
Meu corpo se aninha nos teus braços
Desenho no ar os teus traços
Me mudo para Passárgada
E nem sou amiga do rei
Quando me beijas a boca,
O verde vira azul
Vou do norte para o sul
E me entrego sem peso e sem medida
Sou mendiga sem guarida
Sou poeta...
Sou cantiga...

 
Luamor
_______



Julia Michaels - Heaven  C/ Leg

http://www.youtube.com/watch?v=hiS7h7eBQQY




________________________________________


Uma honra receber esta interação do mestre poeta Felipe F Falcão
que amei ficou show querido amigo, escritor que escreve histórias bárbaras inclusive eu sempre estou seguindo alguma



( Quando me beijas a boca
Ouço canções de amor
Sinto os pelos do corpo eriçar,
A chama do desejo acender
Quando me beijas a boca
Sinto-me transportado para outra dimensão
Perco a razão, o controle sobre mim...
tudo que sinto, e seu sabor
 
quando me beijas a boca
tudo fica diferente,
o céu fica mais azul,
tudo fica mais belo
 
quando me beijas a boca
esqueço de mim
só penso em você...
 
quando me beijas a boca
ficou louco, só sei te querer
te amar, te dar prazer)

 
Felipe F Falcão




Orgulhosa dessa interação do poeta mestre Walter Arruda, obrigada, amei e ficou show querido amigo! meu carinho!!


O chão
Não faz faltas
É o Céu
Ao nosso redor
Emendando nossas falas...
 
Walter de Arruda



Muito orgulho da interação do mestre poeta Jacó Filho que trouxe este soneto maravilhoso que amei, bravos a ti querido amigo, meu carinho.

 
O BEIJO


É o isqueiro de Deus, pra acender o amor.
Põe mágica no rosto e traz o céu na hora.
Suprime a dúvida que na ausência devora.
Refaz a intimidade de abraços que te dou.
 
Acelera o organismo, numa tormenta feliz,
Bloqueando a razão, num prelúdio da vida.
Traz à novas esferas, emoções escondidas,
Tornando o amor tão claro quanto nos diz.
 
No exercício prático a magia, antes sonho,
Tal um jardim florido, perfuma o ambiente,
Ao acender num beijo todo desejo latente.
 
Revigorando o sentir de espíritos risonhos,
O beijo tem poderes, duma divina vertente,
Que faz do amor carnal algo transcendente.(Reedição)
 
Jacó Filho


Orgulhosa fiquei com interação do mestre poeta James Assaf, ficou linda amigo querido, adorei um show! meu carinho!
 
Quando me beijas:
Meu mundo abranda
A pele queima
minhas mãos inquietam,
meus braços te apertam.
Quando me beijas:
Teus lábios me adoçam,
teus cabelos roçam meu rosto,
teu perfume enebria.
Perco o controle.
Com os olhos fechado
perco senso, saio do chão,
levito na imensidão, então,
tudo em mim é paixão.
 
James Assaf



Outra interação que me deu muito orgulho, da mestra Regina Madeira obrigada querida amiga, adorei e ficou um encanto! Meu carinho!

 
ASAS AOS PÉS

Beijos de amor nos dão asas
Asas bordadas aos pés
Nos levando por sobre as casas
Olhando aos luar as marés.
 
Beijos de amor flutuantes
Nos fazendo levitar
Dão alimento aos amantes
Sob ao luar degustar.
 
Beijos de amor matam a sede
Com a leveza da canção
Embalados em doce rede
Aceleram o coração.

Regina Madeira



Muito me honrou receber esta interação da poetisa mestra Norma,
amiga querida, perita em experimentais, obrigada querida ficou show! e amei! Meu carinho!!


O AMOR É BEM ACONCHEGANTE
AS CARÍCIAS SÃO EMPOLGANTES
OS BEIJOS AS NUVENS NOS LEVAM
SÃO TANTAS EMOÇÕES QUE FERVEM
O AMOR É SENTIMENTO TRIUNFANTE
ESTAR JUNTOS A TODOS OS INSTANTES
BUSCANDO JUNTO NO AMOR O PARAÍSO
COM SENSAÇÕES QUE SÃO BEM PRECISOS
AMAR COM LOUCURA, PASSEAR, VIAJAR
FAZER AMOR BEM GOSTOSO, NAVEGAR
CORPOS TRÊMULOS, QUENTES,SE VERGAM
BUSCANDO O CONCAVO, CONVEXO, LEVAM
O AMOR É FOGO QUE QUEIMA, JUNTOS
NA DANÇA DA BUSCA, AO ÊXTASE, UNOS
 
Norma Aparecida Silveira Moraes




Por esta interação eu não esperava, por isso fiquei muito honrada
e sentindo-me mimada por demais, obrigada poeta mestre Alberto, sua interação ficou linda e adorei, obrigada querido amigo, volte quendo quiser és bem vindo na minha humilde escrivaninha. Meu carinho!!


 
O BEIJO***

Quando me beijas a boca
Viro um beija-flor a bailar
Entre as flores a perfumar
Pois quero te deixar louca.
Quando me beijas a boca
Sinto meu coração como o sol
A espalhar calor como ' um paiol
Nuvens de luzes e música barroca.
 
Não posso ficar calado
Quando me beijas a boca
Tenho que cantar um fado
São fogos pra todo lado
Quando me beijas a boca
Fico todo arrepiado.
***
Abraços poéticos.
 
Alberto Valença Lima


_________________________________________________

"A vida não começa quando se nasce, começa quando se ama."

Pablo Neruda
Luamor
Enviado por Luamor em 17/11/2018
Reeditado em 24/11/2018
Código do texto: T6505010
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
Quando Me Beijas - Luamor - Judd Marriott Mendes
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luamor
São Paulo - São Paulo - Brasil
1055 textos (79656 leituras)
17 áudios (865 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 04:45)
Luamor