Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PASSAR DOS TEMPOS

Passam-se os tempos coloridos, de vivas cores,
aqueles que pintaram alegrias com risos animadores
que me ajudaram a ver tudo e pensar nas esperanças
levantando meu espírito e matando as ameaças.

O céu continua igual sem alterações de relevância
que não seja a nova, fatídica, impertinência
de demorar a saída do sol e apagar toda luz,
talvez, esquecendo que assim o amor não reluz.

Se eu pudesse acelerava o tempo para dar-lhe vida,
pintava o céu de novas cores, bem azul seria,
começaria a rir de novo e esqueceria, enfim, a ida.

Todos os sonhos, belos sonhos meus, recuperaria,
com minhas esperanças construiria um caminho aberto
e andaria e andaria com a minha tribo bem perto.
Angelyto
Enviado por Angelyto em 20/12/2018
Código do texto: T6531586
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Angelyto
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 59 anos
231 textos (4224 leituras)
11 áudios (177 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 02:54)
Angelyto

Site do Escritor