Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esta que me toca

Algo me tocou sem toque, sem encostar.
Aquela coisa que toca independentemente do ato
Do fato acontecido, do lado adormecido.
Alguma coisa que teima entorpecer o ignaro
E insiste na luta pelo embriago apropriado.

Aquela me chocou sem a colisão do batimento.
Sem a inópia e o arbítrio do puro choque.
Sem alarmar, surpreender, sem o pasmar absoluto.
Meramente a aptidão de cunhar o belo
Própria da graça que rebenta de seu jardim.

Esta que imediatamente instala-se na alameda
Que se ilumina por seu olhar, andar, pensar, calar.
Acanhado mar que me ponho a navegar só
Tanto apoucado ante o brilho de seus olhos.
Este que levianamente toca, choca e invade.


André, um Jerico
www.ideiadejerico.com
André um Jerico
Enviado por André um Jerico em 19/09/2007
Código do texto: T659508

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andre Barbosa de Oliveira www.ideiadejerico.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André um Jerico
Monte Santo de Minas - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
56 textos (824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 22:49)
André um Jerico