Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS AMORES DO POETA

Por que será que o poeta tem tantos amores,
Será que é para provocar muitas separações,
Dilacerando o dele e tantos outros corações,
E fazer versos lindos cantando suas dores?

O poeta gosta de cantar suas conquistas,
Para a amada, lindos versos de exaltação,
Mas logo, vem versos tristes com a desdita,
Dos amores perdidos que dilacera o coração.

Qual o poema mais encantador e profundo,
Aquele que fala do amor que se conquista,
Ou versos do poema que retrata uma partida,
O amor que se perdeu, a tristeza do mundo?

A mulher que é romântica gosta de poesia,
Ama o poeta e a ele se entrega totalmente,
E o poeta, um sonhador, vivendo a fantasia,
Também vai fundo, e vive intensamente.

E logo o poeta se vê em beijos ardentes,
De uma mulher, e mais outra, e tem prazer,
Vive cada amor com paixão e intensamente,
Para depois partir, cantando seu sofrer.
Lúcio Astrê
Enviado por Lúcio Astrê em 20/09/2007
Código do texto: T660067

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lúcio Astrê
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 60 anos
263 textos (10419 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 05:23)
Lúcio Astrê