Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEVANEANDO

Teu corpo acende a chama
a forja é nossa cama
tu deitas e desanda, desanda...
Toco-te a tez suando
ris assim iluminando
me inclino e ando, ando...
Jazo em mim te observando
olhos de faróis queimando
Aperto o peito e me dano, me dano...
Nada te resta, desligas a lâmpada,
tateio ao redor, tu te levantas
vazio e só: me amas, me amas!
Diego Duarte
Enviado por Diego Duarte em 08/04/2019
Código do texto: T6618657
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Duarte
Ananindeua - Pará - Brasil
400 textos (7777 leituras)
3 e-livros (135 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 16:15)
Diego Duarte