Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

você

De repente, tão distante
e tão perto neste instante,
como um imã flutuante,
povoa mente, potente,
invade indescente, incandescente,
muito inconsequente,
faz-se presente sempre.
Amor eternamente...
Só entende quem sente.

E sempre...
Apesar da distância polar,
que insiste em se revelar...
e assim, falta-me o ar,
já não posso mais respirar...
CLAUDINE CLARY
Enviado por CLAUDINE CLARY em 23/09/2007
Código do texto: T665546

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
CLAUDINE CLARY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 49 anos
15 textos (561 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 08:51)
CLAUDINE CLARY