Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

alma de poeta

alma de poeta
sangra na dor ou na alegria
poeta vive tudo
com a intensidade de um vulcão em erupção
como a força de um maremoto
elq destroi as praias calmas da vida
como a docura de um beija-flor
ele adoça cada ato no palco que vive
poeta não vive sonha
sonha sonhos utopicos
sonha como criança
poeta chora
implora
se debate
faz birra
não entra em embate
e não se importa
se vão acha-lo louco ou idiota
poeta vive
sua poesia
sem medo
sem temor
pois o que deseja na verdade é a pura magia
e magia é o que poeta tem nas veias
isso não o permite morrer de tristeza
pois ele sempre acredita
que um dia conquistara sua alegria
alma de poeta é como
o cheiro do verde das matas
o contato com a natureza
tem gosto de primeiro beijo
tem o toque aveludado de petalas
de rosas
alma de poeta
existe sim
dentro de voce e de mim
candy love
Enviado por candy love em 24/09/2007
Código do texto: T665845

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
candy love
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
175 textos (9875 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 22:40)
candy love