Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

              UM DEUS VIVE

 

 

Quando acordei o meu Deus estava morto

fiquei tão desorientado

pra falar a verdade perdi o rumo

uns dias depois uma sensação de abandono

me consumia, enlouquecendo-me

pior que a dor da perda é a dor da inexistência

Viver sem um Deus? Isso eu não saberia...

 

À beira de um precipício

certo de que mais nada nessa vida valeria a pena

iniciei minha ultima oração...

Mas,

rezar pra quem se o meu Deus estava morto?

rezar porque se nenhum Deus me recompensaria?

 

Fintei o abismo e mirei meus olhos no horizonte

a natureza com suas montanhas, florestas, pássaros e luz

caiu sobre meus olhos humanos

como uma chuva existencialista

e o meu Deus renasceu na junção das coisas vivas

e o meu Deus era tudo que pulsava e existia

e eu nunca me senti tão vivo nessa mundo

nem eu e nem o meu Deus natural...

ULISSES de ABREU
Enviado por ULISSES de ABREU em 26/09/2007
Código do texto: T669746

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e endereço para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ULISSES de ABREU
Viçosa - Minas Gerais - Brasil
608 textos (207697 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 11:45)
ULISSES de ABREU