Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

desculpa, mas te amo

Saiu sem querer, eu juro
Não foi por vontade, assumo
Foi uma explosão
No meio de muitos
Na frente de todos
E a voz sem perdão
Me traiu.

E os olhos molhados
A testa suada
O orgulho, coitado
Preso no peito inchado
A boca fechada, abriu
E um grito sem medo escapou
Sem pudor, Sem malícia
Não foi leviano, confesso
Foi meio ao léu
Foi assim sem par
Sem querer, sem pensar

Espero que entenda
Ñão tem entrelinhas
As minhas loucuras, já fiz
Só falta você

Prometo mais alto, mais forte
na frewnte de todos de novo
Ser mais louco, mais tolo
E outro "eu te amo" gritar
Marcus Flexa
Enviado por Marcus Flexa em 27/09/2007
Código do texto: T670922

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Monsieur Markus). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcus Flexa
Goiânia - Goiás - Brasil, 29 anos
7 textos (418 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 12:12)