Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



SÓ MULHER, NADA ALÉM




És humana, bem humana
Se fosse divina, não seria tudo o que és...

És mulher, somente mulher,
não precisa ir além,
neste planeta de água, somente água,
e um pouquinho mais...

No amor és divina,
em linguagem poética,
és obra do criador, mas sem censura,
foste feita para o amor.

És de Deus a preferida, porque és mulher,
és o amor em si, és continuação,
és mulher amor, devoção...

Elo de aliança sublime, certeza de encontro,
és a mais linda planta em flor,
és maior ainda.... em sendo semente.

Multiplicidade em  ti, show de vida,
encontro pleno, marca de um processo interminável...

Nesse augusto dia és o símbolo do amor,
o amanhã virá, outros dias, sempre teus dias,
MULHER.





 




 








 
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 02/10/2007
Reeditado em 27/08/2012
Código do texto: T677011
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 74 anos
952 textos (314300 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:29)
Evaldo da Veiga