Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                       Tempestade de fogo.



                Luiz Claudio Bento Da costa.


Vem para mim
eu ainda não sei o que fazer
seus olhos
me limitam
eu sei que vou sofrer
mas não quero esperar
o amor é agora
vamos sonhar
que o amor faça
a dor desaparcer
não quero saber se é tarde
o sol já brilhou
a noite vem clara
meus olhos iguais aos seus
o momento é esse
vem, vem, vem.

Nos desejamos
tudo pode ser horizonte
feito de nós
somos adultos
mas temos crianças no peito
o mundo pode acabar
EU TE AMO!
as horas passam
à sós estamos
braços sem fim
abraços emocionados
teu corpo
o meu
nada
tudo
paixão...



                              Sem segredos!
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 06/10/2007
Código do texto: T682935
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
737 textos (26998 leituras)
1 áudios (179 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 14:34)
Condor Azul