Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



                               A M O...
                                                     Solano Brum

Minha época passou? Mas eu tenho de você, abrigo!
As tuas mãos de pétalas de rosas, são as mesmas que,
Antigamente, acariciavam meu rosto e não consigo
Esquecer os beijos carinhosos que eu dava em você!

Não consigo esquecer, amor, de nossas noites ao luar
Enquanto nos teus olhos, brilhavam-me as estrelas!
As lembranças se avivam, todas... a me perturbar,
E abrigando-as no peito, não posso em fim detê-las!

É mesmo assim! Cavalgando em dorso de fiel ginete,
Ergo a rígida espada e dou cabo ao que proponho...
Sir Lancelot vislumbrado pelo amor de sua Rainha!

Amo... Ainda faço amor! Tenho público a toda gente
Pois, quanto mais faço, creiam, mais vigor eu ganho
Porque, é em você, amor, que todo amor se aninha!

                                   = = = = = = = = = =

 
Solano Brum
Enviado por Solano Brum em 14/02/2020
Código do texto: T6866413
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Solano Brum
São João de Meriti - Rio de Janeiro - Brasil, 78 anos
265 textos (13353 leituras)
15 áudios (429 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/02/20 04:30)
Solano Brum

Site do Escritor