Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Talvez

Quando você olhar para a lua
Talvez a veja nua
Ou talvez, ela seja sua

Mas pura, és a imaginação
O amor sem postura
Um leve toque de mão
Seu jeito, sua respiração

Quando você olhar para o mar
Talvez o veja a dançar
Ou talvez, ele seja seu par

Mas pura, és a imaginação
O prazer com ternura
Um leve beijo de paixão
Seu desejo, sua tentação

Quando você olhar para mim
Não haverá talvez enfim
O que veras, é realmente assim

Mas não é imaginação
É a poesia mais pura
É o amor de um coração
Romântico sem razão
Coto
Enviado por Coto em 15/10/2007
Código do texto: T695460
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Coto
Santos - São Paulo - Brasil
115 textos (5652 leituras)
2 áudios (267 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 03:56)
Coto