Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não posso... nem quero

Entraste
no meu mundo
oferecias-me a lua
querias fazer-me tua.
Quebraste
o meu escudo
prometias-me tudo,
e eu queria
tão pouco… quase nada:
só algum conforto,
só fazeres-me sentido
só estar contigo.
Rendia-me
ao teu encanto
e para meu espanto
perdia-me.

Porém…
gostar de ti
esperar por ti
passar sem ti
começa a doer…
a fazer-me sofrer
porque estava impreparada.
E não pedindo nada
não posso... nem quero
ser magoada
nem voltar a sentir
a tristeza, ter a certeza
de perder um amor
e reviver essa dor
da ausência
da inexistência.
Elizabet
Enviado por Elizabet em 17/10/2007
Código do texto: T698629

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elizabet
Portugal
29 textos (955 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 12:07)
Elizabet