Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRAGRÂNCIA DE AMOR

FRAGRÂNCIA DE AMOR
J.B.Xavier

Apareces como desapareces em minha vida,
Como uma visão celestial, um sopro de vida, uma ilusão,
Como a miragem ilusória no deserto,
Acenando com a água salvadora, entre areias escaldantes...
Apareces como a última fonte à beira do caminho,
E desapareces como a nuvem, após ter me oferecido sua melhor sombra...
Surges assim, em minha vida, chegando do país dos sonhos,
Onde tua realidade é minha realidade, embora sejam ambas
As mais sublimes de nossas ilusões...
Vens como um lampejo de rituais sagrados,
Ou como voláteis fagulhas de eternidades passageiras,
Como trinados de aves canoras, em gentis melodias,
Ou como trevas alucinantes, onde me perco de mim...
Apareces como desapareces em minha vida,
E como dúvida perene, és também um favo de certezas,
De onde recolho o mel de minhas expectativas...
Vens como o equilíbrio universal, regulando meu universo,
Ou vens, muitas vezes, disfarçando-te em melodiosos versos
Que derramo sobre minhas ressequidas esperanças,
À espera que o viço da vida as revigore...
Vens ao amanhecer, com o raiar do sol,
Ou mesmo quando a noite se aproxima, e reina em minha volta a solidão,
Vens como uma vaga realidade,
Um longínquo vestígio de saudade,
Vens como aragem divina, trazendo uma doce fragrância querida
Com a qual aspiro a essência divinal da vida!.

* * *
JB Xavier
Enviado por JB Xavier em 22/10/2007
Reeditado em 30/11/2008
Código do texto: T704472
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
JB Xavier
São Paulo - São Paulo - Brasil
1061 textos (183312 leituras)
50 áudios (18698 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 01:38)
JB Xavier

Site do Escritor