Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
TARDE DE OUTUBRO


Eu te amo...
Como uma simples alvorada
que traz tenuamente o sol.
Que seca o orvalho da noite,
e revela a luminozidade da noite.

Eu te amo...
Como se o tempo quisesse parar, 
como se o mundo não desse suas voltas,
voltando o destino ao cume de um monte
com rosas cheirosas de amores lúgubres.

Eu te amo...
Como se algo não estivesse aqui.
Como se o passado se repetisse.
Como se o futuro não viesse,
e me mostrando a força de um sentimento.

Eu te amo...
Pelo simples fato de amar.
Como se as borboletas não voassem.
Como se tudo viesse da água,
como se algo conspirasse.

Eu te amo...
Com todo o meu amor.
E amando-te vejo longe.
Meus olhos grises
como amor que sinto por ti.


                                         Brasília, 19.10.2005
Aderruan De Marco
Enviado por Aderruan De Marco em 22/10/2007
Reeditado em 29/05/2008
Código do texto: T704563

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (POR FAVOR,SE FOR USAR ALGUM TEXTO ME AVISE E VOCÊ DEVE CITAR A AUTORIA DE ADERRUAN DE MARCO E O SITE www.aderruandemarco.com). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aderruan De Marco
Samambaia - Distrito Federal - Brasil
96 textos (16502 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 21:01)
Aderruan De Marco