Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versos I


Desejo-te
como a raiz que necessita de água,
como o mar que precisa de água,
como o vento que necessita do ar,
como o sol que precisa do ar.

Desejo-te
como um pássaro que quer voar,
pelos lindos campos ensolarados,
como uma palavra que é dita
por paixão em horas de acaso.

Desejo-te
como um homem que quer voar,
como um sentimento nascido
do simples e despercebido 
ato louco de amar.

Desejo-te
como a chuva que cai para molhar,
para simplesmente molhar e molhar,
como a satisfação dos amantes,
como a saudade dos amantes.

Desejo-te
como se o amor viesse para ficar,
como se a paixão não fosse embora,
e ficasse misturando alegria e nostalgia,
como se o amor viesse para ficar!


                                                    Brasília, 06.11.05
Aderruan De Marco
Enviado por Aderruan De Marco em 24/10/2007
Reeditado em 29/05/2008
Código do texto: T708067

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (POR FAVOR,SE FOR USAR ALGUM TEXTO ME AVISE E VOCÊ DEVE CITAR A AUTORIA DE ADERRUAN DE MARCO E O SITE www.aderruandemarco.com). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aderruan De Marco
Samambaia - Distrito Federal - Brasil
96 textos (16502 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 10:07)
Aderruan De Marco