Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER DORMINDO

Entregue ao seu sono
de braços cruzados
na poltrona do bus...
Você de tão linda
em seu abandono
emite uma luz!
Em seu universo
de amor e prazer
mulher sensual.
Então me disperso
esqueço o trabalho
meu bem e meu mal.

Na face angélica
repousa uma paz
que a vida acalma.
Como uma ausência
que o ser refaz
e revigora a alma.
Desligada do mundo
que passa ao redor
e você nem vê.
Seu corpo se aninha
na poltrona vizinha
onde vejo você.

Como ninfa e beldade
esbanja juventude
um corpo em frescor.
Traz o viço da mocidade
em plena magnitude
embebida de amor.
Seus encantos cativam,
sua beleza é sem igual
só não vi seu sorriso.
Nos braços de Morfeu
em sono perenal
convida-me ao Paraíso.

Imagino nestes lábios
de tão sedutores
o beijo da paixão.
Esqueço os alfarrábios
e outros amores
nesta doce ilusão.
De um dia lhe amar,
contemplar seu sorrir,
propor carinhos mil.
Não custa sonhar
eu vou insistir
ainda sou juvenil.

Uma mulher dormindo
ao meu lado no ônibus
meu acesso é visual.
Tão perto e tão longe
presente e ausente
meu bem e meu mal.
É você linda donzela:
um rosto suave,
corpo encantador.
Alegria reprimida,
desejo inconsolável,
devaneios de amor.

Continua dormindo
no remanso do sono;
um corpo encolhido.
Você dorme, eu sonho.
Seu corpo é descanso
o meu, rebuliço.
As viagens prosseguem
(veículo e pensamento)
e eu por um momento:
imaginando você
em meus braços largada.
Foi apenas um vento...
Alex Guima
Enviado por Alex Guima em 26/10/2007
Reeditado em 27/11/2007
Código do texto: T710445
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Guima
Eunápolis - Bahia - Brasil, 44 anos
177 textos (114563 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 01:31)
Alex Guima