Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Decadência

Nada neste mundo nos é dado
A um soldado, nem a vida, lhe pertence
Se ausente, deste mundo desgraçado
Olhos abertos em um sorriso sem dentes

Todos nos cobram nos mínimos erros
Mas o desespero se da no primeiro passo
Quem engatinha não procura um regaço
Quem da passos escorrega no escarro

Vivemos em uma mecanicidade aparente
Nesta cidade morta e impotente
Nos becos escuros um furor impuro
De mortos vivos esquálidos e burros

A vida esta perdida em um passado
Nem recordações parecem aliviar a dor
Órfãos de pai e mãe sem amor no mundo
Cantamos canções recheadas de horror

Pintamos usando sangue como tinta
Em escuros viadutos estacionários
E a maldade é viver como se pinta
Nas paredes sujas pelas ruas da cidade

Onde será que ficou todo amor
Que havia em um passado tão recente
A transcendência de um mundo inovador
No oposto da nossa realidade decadente
alexandre montalvan
Enviado por alexandre montalvan em 17/01/2021
Código do texto: T7162082
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
alexandre montalvan
São Paulo - São Paulo - Brasil
723 textos (31073 leituras)
310 áudios (8492 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 18:00)
alexandre montalvan