Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO AMOR, ESSE DESCONHECIDO!

Deixa eu ficar aqui desse jeito
Recostado no seu peito
Ouvindo o pulsar do seu coração
Imaginando mil loucuras
Escrevendo aventuras
Nas páginas da emoção

Deixa eu desvendar o mistério
Desse amor risonho e sério
Que a gente teima em cultivar
Vamos acender estrelas
Sem tentar compreendê-las
Vamos colorir de prata o luar

O amor é enigmático mesmo
É um mar que vai a esmo
Sem ter porto de chegada
Vamos ficar aqui na areia
Enrolados nesta teia
Tecendo a madrugada

Enfim, deixa eu te querer
No teu colo me aquecer
Um dia, um ano, uma vida
Sem pensar neste começo
Revirado pelo avesso
Sem peso, sem medida




Edil Franci
Enviado por Edil Franci em 03/11/2007
Código do texto: T721135


Comentários

Sobre o autor
Edil Franci
São Paulo - São Paulo - Brasil
922 textos (95599 leituras)
2 e-livros (123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/21 05:12)
Edil Franci