Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sente-me

Passa os dedos por estas frases,
Sente as letras
Como se sentisses a pele do meu corpo

Estas linhas têm palavras.
Mas esquece-as por momentos
O que tenho para te dizer não pode ser lido.

Sente o peso deste poema
Tal e qual o peso da minha mão sobre a tua
Quando a minha alma seguras

Não me perguntes quem sou.
Não me perguntes nada.
Eu não sei responder a todas as perguntas do mundo.

Passa os dedos sobre as frases.
Pousa os lábios sobre as letras
devagar, muito devagar.

Sente o quanto sou doce
Sente o quanto sou quente
Sente o quanto os meus lábios te desejam

Sente o quanto a minha alma te quer
Sérgio Costa
Enviado por Sérgio Costa em 08/11/2007
Reeditado em 08/11/2007
Código do texto: T728284

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Nome de autor e link obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Costa
Portugal
23 textos (1044 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 14:38)