Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por tanto Amar

O sol canta a melodia do amanhecer
Enquanto o olhar deixa-se embalar
Em nuvens de silêncios e saudades
Entrego-me ao azular de todas as recordações
E o vôo inequívoco do meu olhar te revela
Alado tempo em cortante efemeridade
Desafiando a fragrância eterna do teu abraço
Que ainda acolhe as pétalas da felicidade
Que desabrocharam em meus braços
Hoje em mim tudo é saudade
E até a brisa da manhã sussurra o teu nome.
Os dias idos colorem o olhar
Suspirando ainda pelos teus abraços
Que me desnudaram por inteira
A fotografia de um passado recente
Acorda meus mais sublimes sonhos
E me diz da eternidade de todos os momentos
Em que a felicidade derramava sorrisos em meu olhar
E em meio a tudo, a porta aberta do presente
Que te anseia neste momento de absoluta saudade

Fernanda Guimarães
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 09/11/2007
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T729779
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (66040 leituras)
9 áudios (1821 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 19:36)
Fernanda Guimarães