Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fogo Cósmico

O segredo sagrado é sangrado, sequioso,
De anseio infinito, feito em pecado.
Sou poeta que chora, em cinzento repouso
O escuro da noite,com fogo inflamado.

Com a alma queimada sangrei acordes
Na amplitude do meu sentimento.
Ó musa bastarda! Mesmo que discordes
Meu estro voa, nas vozes do vento.

Quero o amor etéreo duma fêmea feroz,
Da musa, da dor ou de ninfa, que atroz
Arranque-me o coração aceso,em fogo...

O amor é a aposta que ébrio, disputo,
Fogo crepitando lamentos, de lava e de luto,
Ardendo o Universo... num impiedoso jogo!
Luis Felipe Saratt
Enviado por Luis Felipe Saratt em 11/11/2007
Reeditado em 05/10/2008
Código do texto: T733158
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luis Felipe Saratt
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 36 anos
61 textos (1090 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 15:22)