Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRA SEMPRE...

Não sabes, nem podes ver o quanto eu sinto
Mas, se tu pudesses ver-te só a ti mesmo
Saberias que é verdade, que não minto
E, não te perderias mais pensando a esmo...

Adoçarias nossas bocas com mel
Esse mesmo de teu encantador sorriso
Que afasta de nossas vidas todo o fel
Dando a mim a segurança que preciso

Teu rosto eu desenharia toda a noite
Apenas contornando-o com meus dedos
Livrando-te de todo e qualquer açoite
E, expulsando assim, todos os nossos medos.

Com fé, eu rasgaria então, maus pensamentos,
Tal fossem pergaminhos empoeirados
Não haveria mais dor e, nem lamentos.
E, pra sempre seríamos namorados.
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 13/11/2007
Reeditado em 13/04/2009
Código do texto: T735875

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (48269 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 05:28)
Tânia Regina Voigt