Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU TRISTE POEMA . . .










a vontade
de me ir
em meio
aos sonhos
assassinos,
já se foi
em espírito,
com as sombras
de meninos,
posto que alma
já não tenho;
as vontades
soltas e assaltadas;
nem sei ao certo
mais ao que venho,
nesse corpo
velho e morto
sem calçadas
pra sonhar...
e, s’ainda puder
olhar o Céu,
nem paredes, sequer,
pra chorar...


(Tadeu Paulo -- 2007-11-14)
Tadeu Paulo
Enviado por Tadeu Paulo em 14/11/2007
Código do texto: T737427

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tadeu Paulo
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 74 anos
435 textos (47790 leituras)
2 e-livros (188 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 18:48)
Tadeu Paulo