Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OUTONO

OUTONO



No lânguido olhar que me envolve
A paixão, nau que resolve,
Singrar oceanos remotos
Rompe as barreiras do tempo
E no amor sem contratempo
Lança-me desejos devotos

Tempo, carrasco tenaz,
Não lhe tira a vontade audaz
Incentiva a sua conquista
Amazona experiente
Cavalga o tempo latente
Com elegância arrivista

Tem o corpo majestoso
Feito cajueiro frondoso
Ciente dos frutos que deu
Sedutora outonal
Não lhe assusta o vendaval
Da paixão que prometeu

Senhora de tanta certeza
Faz sentir sua nobreza
Simplesmente no olhar
Dela emana um poder
Que invade o meu ser
E faz dele o seu lugar

Traz nos lábios mel silvestre
No corpo o aroma campestre
Disposição de menina
No controle, é majestosa,
Controlada, é generosa,
Concede enquanto domina

Que mulher maravilhosa
Que se apresenta orgulhosa
Em seu estado outonal
Longe de se ofuscar
O que faz é só brilhar
Feminina e atemporal

Luiz da Silva Rosa
Enviado por Luiz da Silva Rosa em 16/11/2007
Reeditado em 03/01/2009
Código do texto: T740070
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz da Silva Rosa
Santa Isabel - São Paulo - Brasil, 61 anos
71 textos (6901 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 12:20)
Luiz da Silva Rosa