Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bye



Já havia me despedido da solidão
E você retorna com ela
Após me deixar
Ou foi eu que a deixei?
Nem sei
Só, só sei que a amei

Conjugal não é um verbo conjugável
Ou se o é, em que tempo seria?
Um futuro mais que perfeito?
Acho que não tem jeito
A vida é assim mesmo?
Não, não é

Mesmo que assim fosse
Nem mesmo que era doce se acabaria
No fundo, até onde minha apnéia emocional
Manteve oxigenada consciência,
Voltei, vencida a mesmice,
À minha própria superfície

Agora que já sou aquele que desconheço
A esse eu me mereço e comigo sigo aonde
Meus rastros demarcarem
Não deixo falsas pistas
Até aponto o caminho diverso
Bancando o próprio salmista
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 17/11/2007
Código do texto: T741456
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 60 anos
199 textos (8674 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 01:51)
leandro Soriano