Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destruição de mim

Jamais pude pensar que aquilo fosse acontecer
Por tudo que fiz a ela
Pelos meus erros cometidos
Por fazer previsões sinistras sobre o Amor

Estive ao lado dela por algum tempo,
Mas esse tempo demorou um século
Século mais prazeroso que tive
Pena que não posso voltar no tempo

A sensação de me aproximar dela
A cada dia aumenta
Me sinto bem quando estou com ela
Mas não sei demonstrar em palavras,
Essa minha sensação

E aqui estou de novo humildemente
A ti dizer Lua, o bem que ela me faz
Sei que não devo lhe dizer dos sentimentos que tenho,
Mas Lua, tu és a única sábia sobre Amores

Talvez eu esteja criando coisas que não existem
Talvez meu coração se empolgou sem necessidade
Foram somente algumas noites com ela
E eu aqui imaginando esperanças de uma vida morta

Não devo pensar nisso,
Não, eu não devo!
Mas algo me força a fazer isso

Jurei ao meu eu
Dar um tempo nestes pensamentos...
Apaixonados, insanamente românticos
Mas fui traído, fui empurrado do abismo,
Do abismo das paixões onde a única coisa que vejo...
É ela... Somente ela

O que devo fazer para estancar esses pensamentos?
Pensamentos que me atormentam,
Me deixam louco,
Me deixam fora do espaço intergalático

Aquela voz suave como o canto dos pássaros,
Aquele sorriso doce, meigo e singelo,
Aqueles olhos negros claros como o entardecer,
Faz qualquer homem se apaixonar...
Sem medidas

Não posso ficar assim,
Não posso me entregar,
Devo ser forte
Devo destruir esses sentimentos amorosos...
Antes que eles me destruam
Belém
Enviado por Belém em 17/11/2007
Código do texto: T741457
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Belém
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
123 textos (3876 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 11:44)
Belém