Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Saga


Deitada em meu leito de morte
sonho
o manto da morte me abriga
me proteje

Lembranças de longínquos tempos
de tempestades e sangue

Poderosa Deusa sem compaixão
sacrifício e sacrificada

Fúria o nome do coração
lascívio coração

Sabedoria e poder sem amor
furtivamente das sombras surge

Cada novo mundo uma conquista
para saciar uma fome sem fim

Tétrica e absoluta sedução, sem chance de fuga
apenas para absorver e saciar a infinita sede de
conhecimento

Séculos e séculos terrestres de orgias sem fim
Pérfida deusa de incomparável beleza e poder

Depois da absorção total
o abandono
a morte da fonte em em suas dores
de amor perdido, alucinado

Mais um mundo a conquistar
mas desta vez inesperada armadilha

Mundo novo criado e protegido
por um Deus que amava

Deus que continha também o amoroso
conhecimento de muitos universos
assim como domínio de lúcido poder

Ah! Que fascínio causou na Deusa
poderia banquetear-se por eras e eras
um pequeno descanso entre um mundo e outro...

Deus de amor e luz, mas que
jamais amara uma Deusa

Divino, fatal e mortal foi este encontro
o fascínio dela fez com que seu amor
vertesse para uma única fonte

O amor dele a embreagou até sua raiz,uma vez
que desconhecia completamente tal energia

Por uma era viveram o êxtase
um estranho êxtase este
já que não se encontraram
mas perderam-se um no outro

Nesta época fizeram um pacto
cientes de que nada poderia quebrá-lo
pois fizeram com sua energia vital
uma vez quebrado o pacto
seria a morte definitiva no universo
o pacto do Amor Imortal

Mas ela não podia evitar sua natureza
muito menos ele poderia fugir de
sua função no vasto universo

Ele assistiu muitas vezes horrorizado
sua Deusa conquistando conhecimento
através da espada das sombras

Ela não podia compreender o seu horror
mesmo mais benevolante, pelo amor
do seu Deus, dominava pelas sombras...


Em determinada era, chegaram a um terrível
impasse, ela, sem perceber, pois seu poder
ainda não era lúcido, transformou em sombras
um universo especial muito estimado por seu
Deus, o universo em que ele nascera

Num momento de absoluta fúria, pois conhecera
a fúria através dela, no instante de profunda dor
aprisionou-a num esquife no sono da morte
Atemporal

Quando voltou a si, recomposto, percebeu
que não poderiam permanecer juntos
enquanto ela não assimilasse a luz

Sabia que não poderia libertá-la do sono da morte
posto que, no decorrer das eras, isto implicaria
na destruição dela, engolida pelas sombras
por ela mesma criadas

Ele por sua vez, não poderia sobreviver sem ela
uma vez que em seu pacto de amor imortal, a
destruição dela significaria a sua morte definitiva

Assim ele partiu, confiante, de que iria em sua jornada
adquirir tanto conhecimento, amor e poder para
trazê-la novamente à vida, ajudá-la a se transmutar em luz

Em quanto isso a Deusa repousa em seu esquife
selado, lacrado e intranspunível
cercada de belos jardins, sonhando
sonhando estar viva
vivendo diferentes personagens
em diferentes mundos
esquecida que é uma Deusa

E nestes mundos sonhados
ela aprende coisas que nunca imaginou existir
sobre a luz
sempre orientada e auxiliada, mas inconsciente
do fato, por seu guardião, o seu Deus.



Na lápide os dizeres:

A VERDADEIRA COMUNHÃO SÓ OCORRE QUANDO DEUSES
SE RE-UNEM SOB O PACTO DO AMOR IMORTAL
Susie Sun
Enviado por Susie Sun em 21/11/2007
Código do texto: T745595

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Susie Sun
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
484 textos (21946 leituras)
1 áudios (194 audições)
1 e-livros (45 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 23:05)
Susie Sun